|PROJECTO MODA| VS |À PROCURA DO SONHO|: COPY PASTE PAROLO

·

·

Pablo Picasso escreveu, frase | pensamento que passo a transcrever ipsis litteris, “Quando se sabe exactamente o que se quer fazer, para quê fazê-lo ainda? Se o sabemos, já não tem interesse. É melhor então fazer outra coisa.“

Estou em perfeita consonância com este pensamento, o que me leva escrever um pequeno comentário sobre estes reality shows, “projecto MODA” e “à procura do sonho”.
·
Os canais de TV portugueses (RTP/SIC), não são convincentes na produção destes dois programas, cujas as versões originais pertencem a canais norte-americanos. Sabemos que, é difícil “concorrer” com poderosos canais de TV, como o Bravo TV/NBC criadores do “project RUNWAY” e UPN/CW/CBS ligados ao “AMERICA’S NEXT top model”, o mesmo se poderá dizer da escolha dos apresentadores/júri. Contudo, não é plausível que isso sirva de razão para que o copy paste das versões portuguesas, “projecto MODA” e “à procura do sonho”, sejam apresentados sem sequências dinâmicas, baixa qualidade de editing e uma apresentação monocórdica, seja ao nível da expressão oral como corporal/postura. No que respeita aos candidatos do “projecto MODA”, lamento afirmar, mas mais parecem umas costureirinhas de periferia. Os coordenados até a data apresentados não primam pela criatividade; por vezes a escolha das conjunções de cores, silhuetas e discursos descritivos não são convincentes aos dias de hoje. Referente ao cast dos candidatos “à procura de um sonho” existe potencial. Porém, existem escolhas ao nível da estrutura facial e corporal que são inadequados, para que possam exercer uma carreira internacional que como se sabe, deverá ter um percurso irrepreensível.
·

Concluindo, se nem a copiar se atinge um resultado convincente, é melhor então fazer outra coisa. Deverá ser condição cinequanon por parte das produtoras e canais televisivos um simples dado: exigência de conteúdos. Este é o dado ou formula que serve de base ao sucesso dos conceituados canais de TV, produzindo na sua maioria excelentes trabalhos. É imperativo que se consolide na sociedade portuguesa rigorismo, sensibilidade, criatividade e savoir faire nos programas televisivos. Mais concretamente, quando se trata de programas relativos à estética da arte, da moda e da cultura em geral. Neste caso, e para um pais como Portugal que não tem tradição na área da moda, é importante que quando se realize ou se crie algo direccionado a esta área que, seja elaborado com rigor e criatividade. Roland Barthes (no livro, O sistema da Moda), escreveu, e muito bem, “moda é comunicação”. Por conseguinte, se queremos a sociedade portuguesa educada, com exímios profissionais da moda e que de facto tenham impacto nos grandes circuitos internacionais, então essa comunicação tem de chegar de forma coerente e inteligente. Caso contrário, mais vale fazer outra coisa…

SHARP_Valentim

·

·

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s